in

Em entrevista ao “Conversations With Delilah”, Katy Perry falou sobre a turnê, novo álbum, redes sociais e “save as draft”

Atualmente existem vários meios de difundir conteúdo por todo o mundo. Um dos mais fáceis e rápidos são os podcasts, que disponibiliza arquivos de áudio para qualquer usuário da internet.

Um dos programas mais famosos (de podcast) é o Conversations with delilah, da radialista Delilah Rene, onde Katy Perry participou de uma entrevista no último domingo (06). Dentre os assuntos falados está o novo álbum, a turnê mundial, o relacionamento com as redes sociais e save as draft.

Logo na abertura do programa, a apresentadora declara como estava feliz de poder entrevistar uma das maiores estrelas do mundo. Perry, com muita humildade, respondeu que embora aceite que tenha o dom de deixar as pessoas felizes com o seu trabalho, ela é apenas mais um “ser humano normal”.

Para tornar essa visão de “ser humano normal” mais evidente, a cantora revelou que sua turnê mundial, que está prestes a começar, têm parceria com a ONG Boys and Girls Club of America. Como já é do conhecimento de todos, além da visita presencial de Katy para acompanhar os trabalhos desenvolvidos, parte dos ingressos vendidos durante a leg americana dos shows será convertida em benefício da associação.

“Eu não quero mais só apertar um botão na internet para doar dinheiro, eu quero me levantar e fazer algo com as minhas próprias mãos”.

Além disso, revelou que a turnê será uma experiência de alegria e culto à música, e que será inspirada (partes) por Walt Disney.

Durante a conversa, Katy ainda alertou sobre os malefícios que as redes sociais podem trazer. Para ela, o grande problema é que no cenário virtual todos nós construímos uma vida que nem sempre é a que realmente temos, podendo fazer com que pessoas sintam-se sozinhas e depressivas, embora acreditem que estão mais conectadas por receberem curtidas e comentários.

Esse foi um dos motivos para a produção da “Witness World Wide”:

“Eu tive essa experiência de me transmitir ao vivo durante quatro dias no YouTube, e eu mostrei tudo: o bom, o mau, o bonito e o feio, porque as pessoas pensam que as celebridades são perfeitas, mas elas não são, elas são pessoas normais. E eu não quero ser perfeita, não quero transmitir isso. “

Para encerrar, a cantora revelou a importância que a mensagem de “save as draft” têm para ela. Ela afirma que escrever mensagens para ex é uma terapia de autocontrole e dá a dica:

“Eu gosto de escrever uma mensagem, dormir e só vê-la novamente no dia seguinte. Minhas emoções ficam muito aguçadas durante a noite e então acordo no dia seguinte agradecendo por não ter enviado aquela mensagem”.

Você pode ouvir a entrevista completa: AQUI

Escrito por Leonan Oliveira

Fã desde 2010, loucamente apaixonado e inspirado pelas letras da Katy, leonino, de São Paulo/SP e estudante de Jornalismo! Can I get a witness?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…