Katy Perry Online

LISTA: 10 performances que resumem a era Witness (até agora)

Já fazem 6 meses desde que Katy Perry retornou ao cenário pop com material inédito. A era Witness é, de longe, a mais pessoal para Perry, que está dando um visual completamente diferente daquilo que estamos acostumados.

Desde fevereiro, foram 17 novas músicas, 2 videos clipes, 3 lyrics videos e muitas, mas muitas performances. Abaixo, listamos as 10 apresentações feitas por Katy Perry e que ilustram o que é a era witness (até agora). Confira:

– Chained to the Rhythm (Live at the BRIT Awards)

O Brit Awards desse ano aconteceu em fevereiro e foi palco da segunda performance oficial de “Chained to the rhythm”. Com diversas referências ao cenário político do Reino Unido, a apresentação contou com a presença de Skip Marley.

– Bon Appetit (Live at The Voice France)

Com visual divertido e roupa de chef de cozinha, Katy Perry apresentou o hino mais sexual do álbum no palco do The Voice França. O que chamou a atenção é que a cantora apresentou a versão solo do single (que é a versão preferida de muitos fãs), e convenhamos, arrasou.

– Swish Swish (Live at Saturday Night Live)

Essa é com toda certeza uma das apresentações mais divertidas que já aconteceram ao longo desses meses. Com a presença de diversas drag queens e Russel Got Barzz (o menino da dança). E com certeza a performance ficou marcada no portfólio de Perry.

– Save as draft (Live at KISS)

Save as draft é uma das músicas mais sentimentais do novo álbum, e uma das favoritas de Katy Perry. Em um especial da Kiss, a diva performou três musicas para um grupo de fãs, e emocionou com vocais maravilhosos. (Você quer show intimista, @?)

– Power (Live at Glastonbury)

GODDESS AND U KNOW IT! Essa é, claramente, a música mais empoderadora de todo o álbum. O festival aconteceu no dia 24 de Junho de 2017, e levou milhares de pessoas pra frente do palco de Perry, que arrasou na primeira performance de “Power”.

– Hey Hey Hey (Live at Glastonbury)

Também no festival, aconteceu a performance de Hey Hey Hey, que é a abertura dos shows apresentados por Perry até o momento.

– Swish Swish (Live at The Voice Australia) 

Essa apresentação é uma das mais bem estruturadas de todas. Katy Perry transformou o palco australiano em uma enorme sexta de basquete onde ela mesmo passou fazendo o “Swish”. A performance só não é perfeita por um motivo: não tem a Nicki Minaj (aliás, nenhuma teve até agora. Será que vem o tiro no palco do VMA?).

 

– Chained to the rhythm (Live at Wango Tango)

Katy Perry vai começar o show com Chained to the Rhythm. Todo mundo preparado pra fazer o coral quando ela vem com uma versão diferente. (Todo mundo surta)! Com uma sonoridade mais “calma”, a performance de CTTR no festival é uma das mais memoráveis pela originalidade da era.

 

– Hey Hey Hey (Live at KISS)

No mesmo show intimista promovido pela KISS já citado aqui, Katy performou uma versão acústica de Hey Hey Hey, a segunda faixa do Witness. A versão é maravilhosa e deveria receber uma gravação em estúdio, né? (E esses vocais?)

– Wintess (Witness World Wide)

No dia de lançamento do último álbum de estúdio, Witness, Katy Perry começou a transmissão de sua vida, em um projeto semelhante ao “BBB”, intitulado “Witness World Wide”. (Dias onde nós passávamos horas assistindo a Katy dormir. Aliás, saudades).

No final da transmissão, um show de encerramento foi organizado. Nele, além de grandes hits, Perry performou algumas das novas músicas, incluindo a faixa-título, Witness.

 

E ai, o que acham? Vale lembrar que as apresentações foram colocadas em ordem aleatória. (e Chained to the Rythm no Grammy não apareceu porque não está mais no Youtube. WHY GOD?)

Leonan Oliveira

Fã desde 2010, loucamente apaixonado e inspirado pelas letras da Katy, leonino, de São Paulo/SP e estudante de Jornalismo! Can I get a witness?

ESTATÍSTICAS

  • 917302TOTAL DE LEITURAS:
  • 17LEITURAS DE HOJE:
  • 0VISITANTES ONLINE: